Finep marca presença no Seminários de inovação do ISITEC

Mariana Juer Taragano, representante da entidade, falou sobre inovação e empreendedorismo

A Gerente de Relacionamento com Clientes da Finep – Fundação para Inovação e Pesquisa – Mariana Juer Taragano, trouxe para o Seminário e Feira da Inovação uma visão de como funcionam os apoios a empresas inovadoras feitos pela entidade, ligada ao governo.

Mariana fez um breve relato sobre a história da instituição, que teve como um dos primeiros projetos apoiados o projeto da Ponte Rio-Niterói. “Hoje apoiamos todos os setores da indústria”, destacou.

Ao falar de inovação, Mariana destacou que “inovação não se faz sozinho. Hoje a geração Z está conectada o tempo todo e não é no celular, é com pessoas. Então a gente pensa que é importante juntar os vários elos: universidades, empresas, pesquisadores, em torno disso”.

Os projetos financiados pela Finep, vão de projetos que estão nas fronteiras da inovação em tecnologia até coisas triviais. Mariana destacou alguns projetos apoiados pela instituição:

•Projeto Exoesqueleto – Miguel Nicoletti

•Bicicletas (Itaú) – empresa Serttel – bicicletas compartilhadas

•Bus-U – aplicativo que mostra onde está o ônibus que o usuário tem que pegar.

A Finep trabalha também para conscientizar empresários sobre como funcionam os empréstimos feito por meio da instituição.As condições dos financiamentos reembolsáveis são muito vantajosos para as empresas, então vale mais a pena pegar empréstimo pela Finep e deixar seu capital investido. Mariana destacou também que, quanto maior o risco do projeto e quanto mais ousados eles forem, mais baixas as taxas.

A Finep – Inovação e Pesquisa – é uma empresa pública vinculada ao MCTI. Foi criada em 24 de julho de 1967, para institucionalizar o Fundo de Financiamento de Estudos de Projetos e Programas, criado em 1965. Posteriormente, a Finep substituiu e ampliou o papel até então exercido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e seu Fundo de Desenvolvimento Técnico-Científico (FUNTEC), constituído em 1964 com a finalidade de financiar a implantação de programas de pós-graduação nas universidades brasileiras.