Rumo à Associação de Reitores da América Latina e Caribe

Foi realizado no dia 10 de julho o último evento preparatório para a constituição da Associação de Conselhos de Reitores da América Latina e Caribe (ACRU-LAC), cuja missão será a de trabalhar em prol de políticas que harmonizem os sistemas de Educação Superior da região e promovam sua articulação ao processo de integração do bloco continental. A reunião foi realizada na sede do Conselho de Reitores do Panamá, na Cidade do Panamá.

A Associação configura um passo fundamental na consolidação do Espaço Latino-Americano e Caribenho de Educação Superior (Enlaces), cuja oficialização deve acontecer em fevereiro de 2014, na Reunião dos Chefes de Estado da Comunidade de Estados da América Latina e Caribe. Esse processo foi iniciado ainda em 2008, quando a Conferência Regional de Educação Superior na América Latina e Caribe declarou a integração como tarefa que não poderia ser postergada e o estabelecimento do Enlaces como prioridade. A Conferência destacou o papel do sistema universitário na consolidação da integração entre os países latino-americanos e caribenhos e, também, a caracterização desse espaço geopolítico como a maior comunidade de raízes, culturas e interesses entre todos os blocos de nações contemporâneos, marcada, ao mesmo tempo, por imensas diversidade e desigualdades.

Em fevereiro de 2012, a partir de encontro realizado em Cuba, o processo de constituição da ACRU-LAC e do Enlaces foi acelerado e, desde então, em uma série de encontros realizados ao longo de 2012 e 2013, foram sendo definidos os princípios, objetivos estratégicos e modelos de organização para essas instituições. Em novembro deste ano, o Brasil sediará novo evento, que marcará a fundação da ACRU-LAC e definirá os últimos detalhes relativos ao Enlaces.

Objetivos

A ACRU-LAC está dividida em cinco sub-regiões: México; América Central e Caribe; Região Andina; Cone Sul e Brasil, sendo que o representante brasileiro no Comitê Executivo da Associação, indicado pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), é o Reitor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Targino de Araújo Filho. Os objetivos estratégicos da nova associação incluem a busca por mais compatibilidade entre programas, instituições, modalidades e sistemas, visando articular a diversidade cultural e institucional do bloco continental; o fortalecimento do processo de convergência entre sistemas de avaliação e certificação nacionais e sub-regionais, visando que se disponha de padrões e procedimentos regionais para garantia da qualidade do ensino e da pesquisa; o fomento à mobilidade estudantil, docente e de pessoal administrativo, bem como a promoção do mútuo reconhecimento de estudos, títulos e diplomas; e o apoio a programas de educação a distância compartilhados e à criação de instituições de caráter regional que combinem a educação presencial e a distância; dentre outros.

Fonte: UFSCar